Parque Nascentes do Tietê recebe imagem de Nossa Senhora Peregrina




Equipe da Diretoria da Bacia do Paraiba do Sul e Litoral Norte acompanhou a entrega da imagem ao Padre Palmiro em Aparecida



O Parque Nascentes do Tietê, em Salesópolis, recebe amanhã – 01/setembro, às 12 horas – a imagem de Nossa Senhora Aparecida. O evento marca o início do Projeto Tietê Esperança Aparecida 2017, realizado pela Arquidiocese de São Paulo com apoio do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica).

O projeto foi concebido em 2004 pelo Padre Palmiro Carlos Paes, então pároco da igreja São Luís Gonzaga, de Pirituba, com o desejo de conscientizar a população sobre a importância do trabalho de despoluição e revitalização do rio Tietê.

A imagem sairá da cidade de Aparecida em direção ao Parque Nascentes do Tietê às 10 horas, após uma “missa de envio da imagem peregrina”. Às 12 horas, no parque, o Padre Palmiro realizará a solenidade de “benção da nascente”. Após a solenidade, a imagem será levada para a Igreja Matriz de São José, em Salesópolis.

A imagem será enviada dia 4 de setembro para Biritiba Mirim; dia 6 para Mogi das Cruzes; dia 7, para o Parque da Vila Jacuí, em São Paulo, onde ficará exposta para visitação.




PROCISSÃO FLUVIAL - No dia 9 de outubro, às 12 horas, será conduzida em Procissão Fluvial no rio Tietê, da Barragem da Penha até Santana de Parnaíba.

PEREGRINAÇÃO ATÉ BARRA BONITA - O Projeto Tietê Esperança Aparecida se estenderá este ano até o município de Barra Bonita, na bacia do Baixo Tietê, cumprindo o seguinte roteiro:
• Dia 16 de setembro - Pirapora do Bom Jesus;
• Dia 23 de setembro – Tietê
• Dia 30 de setembro – Anhembi
• Dia 7 de outubro - Barra Bonita

A imagem volta para São Paulo no dia 12 de outubro, para uma segunda procissão fluvial pelo rio Tietê, às 8 horas, do Cebolão à ponte do Piqueri; de onde segue em carreata até o Largo Santa Efigênia, onde será realizada uma missa solene presidida por Dom Odilo Scherer, Arcebispo de São Paulo, encerrado a peregrinação.

Os parques Nascentes do Tietê e Vila Jacui e Barragem da Penha são administrados pelo DAEE.