Rio Tietê foi palco de procissão fluvial dia 9 de setembro






A calha do Rio Tietê na Capital paulista foi palco de uma procissão fluvial no último sábado – 9 de setembro- em homenagem à Nossa Senhora Aparecida - Padroeira do Brasil. A procissão faz parte do projeto “Tietê Esperança Aparecida”, que tem, além do aspecto religioso, o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do trabalho de despoluição e revitalização do rio Tietê.

O projeto foi concebido em 2004 pelo Padre Palmiro Carlos Paes, então pároco da igreja São Luís Gonzaga, de Pirituba, com o desejo de conscientizar a população sobre a importância do trabalho de despoluição e revitalização do rio Tietê.

A peregrinação começou às 11 horas no Porto Verão, junto à Barragem da Penha. O Padre Palmiro desceu o Rio Tietê em barco com motor de popa até a Barragem Móvel, próximo à foz do rio Pinheiros, e depois, em um pequeno rebocador, até a Barragem Edgard de Souza, em Santana de Parnaíba, onde foi recebido pelo Padre Robinson, da Paroquia Santo Antônio; o Vice Prefeito, Osvaldo Boreli; a Secretária de Cultura e Turismo, Fátima Muro; além de vários devotos da santa.

O programa conta com apoio da Arquidiocese de São Paulo e apoio logístico do DAEE, autarquia vinculada à Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos, Sabesp, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, CET e outros órgãos.

TIETÊ ESPERANÇA APARECIDA 2017



Padre Palmiro seguiu em barco de alumínio com motor de popa da Barragem da Penha até a foz do rio Pinheiros Chegada em Santana de Parnaíba



A peregrinação começou este ano no dia 1º de setembro, quando o Padre Palmiro recebeu uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, na Catedral de Aparecida, no Vale do Paraíba, e a levou ao Parque Nascentes do Tietê, em Salesópolis. A imagem foi levada a seguir para

A peregrinação teve continuidade nos municípios de Biritiba Mirim (04/09), Mogi das Cruzes (06/09), Parque da Vila Jacuí, em São Paulo (07/09).

O Projeto Tietê Esperança Aparecida se estenderá a seguir até o município de Barra Bonita, na bacia do Baixo Tietê, cumprindo o seguinte roteiro:

• Dia 16 de setembro - Pirapora do Bom Jesus;
• Dia 23 de setembro – Tietê
• Dia 30 de setembro – Anhembi
• Dia 7 de outubro - Barra Bonita

A imagem volta para São Paulo no dia 12 de outubro, para uma segunda procissão fluvial pelo rio Tietê, às 8 horas, do Cebolão à ponte do Piqueri; de onde segue em carreata até o Largo Santa Efigênia, onde será realizada uma missa solene presidida por Dom Odilo Scherer, Arcebispo de São Paulo, encerrado a peregrinação.