Convênio libera R$ 276 mil para estação hidrometeorológica





O Fehidro (Fundo Estadual dos Recursos Hídricos) liberou recursos no valor de R$ 276 mil para a implantação de uma estação de monitoramento hidrometeorológico, com um sistema que fornecerá dados via internet. O convênio foi assinado pelo prefeito de Penápolis e presidente do CIRL (Consórcio Intermunicipal Ribeirão Lajeado), Célio de Oliveira.

O convênio de R$ 276.239,08 foi assinado junto à Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, após aprovação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Baixo Tietê. A estação será interligada na rede de monitoramento do Daee (Departamento de Águas e Energia Elétrica), permitindo a integração de dados meteorológicos com a rede do Estado de São Paulo, em cooperação técnica entre o departamento e o CIRL.

Para o coordenador do CIRL, José Raphael Caputo, a estação de monitoramento é uma inovação para o consórcio pois fornecerá informações climáticas. “Com a interpretação dos dados e dos fenômenos climáticos, as informações poderão ser utilizadas para cálculos de irrigação de cultivos agrícolas, saúde da comunidade rural bem como estatísticas de prevenção a catástrofes naturais”, explicou.

Os dados também servirão como referência estatística para o projeto Produtor de Água, implementado pelo consórcio. “Os dados climáticos e de vazão do recurso hídrico poderão ser comparáveis futuramente para medir os resultados das ações conservacionistas que serão desenvolvidas na bacia hidrográfica”, afirmou o coordenador do CIRL.

Segundo a equipe técnica do Daee, todas as informações relativas aos postos em operação serão registradas para compor os históricos dos postos, de maneira resumida e entregue em arquivo digital ao consórcio por meio de relatórios. Os trabalhos deverão ser realizados conforme as normas e técnicas de engenharia. A execução do projeto terá duração de 2 anos. Após este período, os trabalhos continuarão a serem executados diretamente pelo Daee e CIRL.

ESTAÇÃO

A estação de monitoramento hidrometeorológico será instalada no bairro Saltinho do Galinari, que integra a bacia hidrográfica do Ribeirão Lajeado. O escopo do projeto abrangerá a execução de serviços hidrométricos de instalação, operação e manutenção de quatro estações pluviométricas, uma estação fluviométrica, com seção de escalas, seção de medição e referências de nível.

O projeto ainda inclui infraestrutura e equipamentos, suporte e cercamento, a perfuração do poço piezométrico, a construção do piezômetro, operação, coleta e/ou transmissão e disponibilização de dados.