Livro registra sucesso do Parque Várzeas do Tietê




Programa tem como objetivo construir um parque linear de 75 quilômetros de extensão e 107 quilômetros quadrados ao longo do rio. Lançamento ocorreu nesta segunda (2)



O programa Parque Várzeas, criado em 2011, foi transformado em livro. O “Parque Várzeas do Tietê – O maior parque linear do mundo”, de 143 páginas, foi lançado nesta segunda-feira (2), no auditório do Edifício Cidade I – Boa Vista, e retrata o case de sucesso do Departamento de Águas e Energia Elétrica – DAEE.

O programa visa combater as enchentes na região metropolitana da Bacia do Alto Tietê, por meio do processo de recuperação das áreas de várzeas do rio, aliado ao combate à ocupação irregular de solo, implantação de áreas de lazer e intensa recuperação de áreas verdes. Quando estiver pronto, o parque linear terá 75 quilômetros de extensão e 107 quilômetros quadrados ao longo do rio (leia mais abaixo).

O Superintendente do DAEE, Alceu Segamarchi Júnior, abriu o evento falando sobre a importância do projeto para a história do Departamento. “O Várzeas do Tietê apresenta uma nova visão sobre a revitalização ambiental no Estado. Cada etapa foi uma grande vitória para os técnicos e para a população beneficiada”, afirmou.

O livro foi escrito pela jornalista Andréa Mota e impresso pela BB Editora e descreve todas as etapas do programa. Conforme o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, a publicação expressa as conquistas que o Várzeas do Tietê trouxe à gestão.

“A realização desse projeto é fruto de toda dedicação e trabalho do DAEE. Não podemos nos esquecer também do empenho das gestões anteriores. É com satisfação que a gente recebe esse livro, pois ele abre as portas para um novo projeto, um novo desafio tão importante quanto: o Litoral Sustentável”, disse Penido. “Sem falar na segunda fase do Várzeas, com o Renasce Tietê. Esses contratos representam dois grandes empréstimos internacionais para programas de credibilidade que envolvem qualidade de vida e revitalização de nossos rios.”

Na ocasião, também estiveram presentes autoridades convidadas; parceiros do Programa; o Diretor Regional da Sabesp, Ricardo Borsari; o deputado estadual, Edson Giriboni; o secretário executivo da SIMA, Luiz Ricardo Santoro; a Diretora do Programa, Marta Maria Alcione Pereira e toda a equipe de engajamento técnico, social e ambiental UGP-Várzeas.


O PVT


O Parque Várzeas do Tietê prevê a construção de núcleos de lazer, esportes, cultura, recreação e educação ambiental ao longo do parque que beneficiarão, diretamente, mais de três milhões de moradores da Zona Leste da capital e dos municípios de Guarulhos, Itaquaquecetuba, Poá, Suzano, Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim e Salesópolis.