DAEE organiza agenda de educação ambiental em Pedreira




Oficinas, plantio de mudas, atividades culturais e de recreação estão na programação voltada à escolas, crianças e adultos



Uma nova ação de Educação Ambiental será realizada pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) no empreendimento Barragem Pedreira. A atividade em parceria com o Serviço de Atendimento à Mulher, à Criança e ao Adolescente (SAMUCA), que atende cerca de 270 crianças, no bairro Jardim Triunfo está marcada para EDUCALÇAIa próxima terça-feira (18/2), a partir das 8h30.

Na ocasião, um grupo de aproximadamente 20 crianças da entidade participará de um plantio de árvores no canteiro de obras do reservatório.

A proposta é integrar as crianças cada vez mais à rotina de plantio de espécies arbóreas nativas, na Área de Preservação Ambiental (APP da Barragem Pedreira), o que já ocorre nas obras como parte do Programa de Revegetação e Enriquecimento Florestal.

A ação de educação ambiental será conduzida e monitorada por educadores e ambientalistas, a serviço do empreendimento.

A equipe incentivará as crianças a escolher uma muda de árvore, receberá orientações para o plantio, e informações básicas de como cuidar daquela plantinha que “estará adotando” naquele momento.

“Iniciativas como essa permitem que os técnicos ambientais cativem os pequenos para que aprendam a cuidar da natureza e se tornem pessoas interessadas no futuro do planeta”, pondera Marta Alcione Pereira, coordenadora do empreendimento pelo DAEE.

A agenda de Educação Ambiental para outros meses de 2010 já vem sendo elaborada, a fim de engajar não só as crianças, mas toda a população nas questões pertinentes ao reservatório.

A obra tem o objetivo de abastecer cerca de 5,5 milhões de pessoas, assim como regularizar a vazão dos rios Jaguari e Camanducaia na época de estiagem. Situação diretamente relacionada à ação do homem seja pelo crescimento da população ou pela ocupação desordenada do solo, com reflexos na escassez da oferta de água.

“Interagir com crianças é essencial”, afirma Marta. “Temos que orientá-las quanto à conduta certa a ser adotada, já que as árvores são essenciais na preservação dos remanescentes de água pelo planeta. E é exatamente por isso, que o DAEE já plantou mais de 90 mil mudas na Área de Preservação Ambiental (APP) na área de entorno da Barragem Pedreira”, acrescenta.