Audiência apresenta ações previstas para plano diretor de drenagem de São Paulo

Principais obras abrangem 57 córregos e vão ao encontro do Plano Diretor de Macrodrenagem da Bacia do Alto Tietê desenvolvido pelo DAEE

A segunda edição do Plano de Ações do Plano Diretor de Drenagem do Município de São Paulo, que reúne as principais obras de drenagem previstas em 57 córregos da cidade, foi apresentada em audiência pública no último dia 23 de agosto. As intervenções incluem canalizações, implantação de piscinões, alteamento de pontes, reforço de galerias, implantação de parques lineares e lagos para reservação das águas de chuvas.

A audiência pública foi promovida pela SIURB (Secretaria de Infraestrutura e Obras da Prefeitura Municipal de São Paulo) e a FCTH (Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica. O evento contou com a participação de um grupo de técnicos da Diretoria de Engenharia e Obras do DAEE e de mais de 100 representantes de órgãos públicos, entidades profissionais da área de engenharia e associações de bairro.

As etapas já desenvolvidas foram apresentadas pelo engenheiro Flávio Conde, da Fundação CTH, e as que estão em andamento, pela engenheira Antônia Guglielme, coordenadora de projetos da SIURB.

“A audiência vem ao encontro do Plano Diretor de Macrodrenagem da Bacia do Alto Tietê desenvolvido pelo DAEE e demonstra como a micro e a macrodrenagem estão sendo tratadas de forma transparente na cidade de São Paulo e nas cidades vizinhas”, afirma engenheiro Armando Tobias de Aguiar, Gerente de Projetos e Planejamento do DAEE.

Os estudos em cada bacia deram origem a uma coleção de Cadernos de Drenagem, com a caracterização das bacias hidrográficas, estudos hidrológicos e alternativas de intervenção propostas para combate a inundações. Dezessete Cadernos de Drenagem, das bacias dos córregos Água Espraiada, Cabuçu de Baixo, Jacu, Jaguaré, Mandaqui, Morro do S, Água Preta/Sumaré, Anhangabaú, Aricanduva, Pirajuçara, Verde Pinheiros, Uberaba, Tiquatira, Itaquera, Sapateiro e Vila Leopoldina/Tremembé.

A segunda etapa, que está iniciando, dará origem aos Cadernos de Drenagem das bacias dos córregos Belini/Corujas, Aclimação, Ipiranga, Cordeiro, Água Vermelha/Lajeado, Lapa, Carandiru, Mooca, Ponte Baixa, Gavirituba/Itaipu e Zavuvus.

A íntegra da apresentação do Plano está disponível no link:

https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/obras/obras_de_drenagem/index.php?p=230496

+ Notícias 

Medida contribui para a superação de desafios climáticos e o desenvolvimento econômico sustentável; investimento em resiliência hídrica é de R$ 14,4 milhões
O objetivo é identificar temas em que um trabalho conjunto contribua para acelerar ações e melhorar os resultados

Precisa de mais informações? entre em Contato

DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA

Rua Boa Vista, 170 
Sé – São Paulo/SP 
CEP 01014-000

UNIDADES – Diretorias de Bacia

REDES SOCIAIS

INSTITUCIONAL

SERVIÇOS

Ouvidoria

☏ 11 3293-8463
Funcionamento: 2ª a 6ª feira
das 9h às 17h, exceto feriados
✉ ouvidoriadaee@sp.gov.br

SIC

Funcionamento: 2ª a 6ª feira
das 9h às 17h, exceto feriados
◉ www.sic.sp.gov.br