DAEE realiza soltura de alevinos na região do Alto Tietê




O DAEE realizou nesta semana uma nova soltura do projeto de piscicultura, com parceria com a Sabesp e a Universidade de Mogi das Cruzes, representada pelo professor Alexandre Hilsdorf.

No total, 320 alevinos de Tabarana, peixes recém-saídos do ovo, foram soltos próximos a barragem Taiaçupeba, no Alto Tietê, e poderão auxiliar na recomposição de fauna aquática da região.

Desde 2002, o Centro de Estudos e de Geração de Tecnologia em Piscicultura das espécies nativas da Bacia do Alto Tietê, tem como objetivo repovoar rios e também incentivar a criação dos peixes com dificuldade de reprodução natural devido ao obstáculo físico que encontram nas barragens. A tabarana é um exemplo dessa dificuldade, da família do Salmão, esses animais têm hábitos de migrar, ou seja, precisam subir o rio para se reproduzirem, como existem cinco barragens nessa área, os peixes têm dificuldades de ultrapassá-las. Por esse motivo é uma das espécies que o projeto contempla juntamente com os lambaris.

Adicione esta página aos seus favoritos